conta digital

Conta digital: qual a melhor? Conheça nossas 6 recomendações de banco

A transformação digital que aconteceu nas últimas décadas foi um fenômeno, até então, inédito na história da humanidade, com uma revolução tecnológica, informacional e de consumo que mudou drasticamente diversos aspectos da sociedade em poucos anos, muito por conta da popularização da internet e dos smartphones.

Um deles foi o sistema bancário que após a chegada dos bancos digitais mudou muito tanto a acessibilidade e usabilidade dos serviços bancários móveis, melhorando seus aplicativos de celular e seu internet banking, quanto a comunicação e abordagem com o cliente, priorizando a experiência do consumidor e qualidade do atendimento.

Só em 2019, quase metade das operações bancárias, cerca de 44% das 89,9 bilhões de operações feitas no Brasil, foram feitas exclusivamente via smartphones, grande parte por conta da popularização dos bancos digitais.

O que é uma Conta Digital?

Os bancos digitais são instituições bancárias desenvolvidas pelas fintechs, que são startups do ramo financeiro com um serviço bastante especializado e baseado em tecnologia, hospedado inteiramente em um ambiente digital.

Apesar de terem ganhado popularidade nos últimos anos, as fintechs estão presentes no mercado há mais de 10 anos, mas só ganharam visibilidade e se tornaram concorrentes diretas dos bancos tradicionais recentemente, ao focarem exclusivamente em serviços bancários em bancos digitais.

Diferente dos bancos tradicionais, os bancos digitais são instituições financeiras que não possuem uma agência física, pois concentram todas as suas operações de forma online, através de aplicativos para smartphones. 

Todas as operações que você, normalmente, faria em uma agência física, como abrir uma conta, fazer pagamentos, transferência, pedir ajuda ao suporte ou aumentar o limite do seu cartão são feitas direto no celular.

Os bancos digitais só se tornaram uma realidade no Brasil e se popularizaram em 2016, após o Banco Central emitir uma resolução que aprovava a abertura e o encerramento de contas bancárias de forma totalmente digital. Dois anos depois, em 2018, outra resolução foi aprovada facilitando o funcionamento das plataformas, que permitia que as fintechs não tivessem a necessidade de intermediação de um banco para conceder crédito.

Diferenças entre bancos tradicionais e bancos digitais

Diferenças entre bancos tradicionais e bancos digitais

O principal diferencial dos bancos digitais, se comparado com os bancos mais tradicionais, são as tarifas reduzidas e o atendimento exclusivo. Por ser totalmente digital, não necessitando de estruturas físicas para funcionar, os bancos digitais conseguem trazer mensalidades, anuidades e tarifas mais baratas, incluindo até a opção de não pagar anuidade dos cartões dependendo do plano contratado.

Por ter um contato muito mais direto e fácil com o suporte oferecido pelas empresas, a forma de comunicação dos bancos digitais também é diferente. Além de ser feita exclusivamente por chat, telefone ou e-mail, a facilidade na comunicação auxilia para uma relação mais transparente entre cliente e instituição.

Mesmo com algumas vantagens, os bancos digitais são instituições novas, com poucos anos de experiência se comparado com os bancos tradicionais, que foram criados no século XV, há mais de 600 anos. 

Por isso, a infraestrutura dos bancos tradicionais é muito maior, assim como o leque de serviços e ferramentas oferecidas, contando com caixas eletrônicos próprios, diferente dos bancos digitais que utilizam de empresas independentes como os da “Rede 24 Horas”, e um gerente para sua conta.

Além disso, geralmente a conta oferecida pelos bancos digitais não é, necessariamente, uma conta corrente ou poupança. Com exceção de alguns casos mais raros, essas contas digitais são o que o Banco Central chama de contas de pagamento, que mesmo com funcionalidades similares, possui algumas limitações em relação às contas tradicionais.

Em relação a segurança, os bancos digitais possuem as mesmas certificações que os aplicativos e o internet banking dos bancos tradicionais, oferecendo operações seguras e protegidas com senhas, impressões digitais e outras formas de autenticação.

Com a popularização das contas digitais, diversas instituições foram criadas e serviços bancários digitais chegaram ao Brasil, aumentando as opções de bancos digitais disponíveis para o usuário escolher. 

Principais contas digitais disponíveis no Brasil

Para te ajudar nessa escolha, preparamos uma lista com os principais bancos digitais da atualidade. Continue lendo para conferir.

1. C6 Bank

1. C6 Bank

Fundado em 2018 por executivos do banco BTG Pactual, o C6 Bank é um banco digital que tem como público alvo um perfil de pessoa que já conhece mais a respeito do mercado financeiro e deseja, além de ter as vantagens de uma conta digital, diversificar investimentos de forma mais complexa e elaborada.

O banco possui uma sede em São Paulo, além de um escritório em Nova York, mas é caracterizado como um banco digital e possui diversas vantagens, como cartões mais elaborados e investimentos de renda variável com aplicações mais altas.

Uma das características mais importantes dos bancos digitais, que é a qualidade do atendimento ao cliente, também é um dos diferenciais do C6 Bank. Com um atendimento que funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, os clientes do banco podem ser amparados e encontrar suporte para seus problemas financeiros e dúvidas de forma prática e acessível, direto no app.

A conta digital disponibilizada pelo banco permite movimentações 100% gratuitas, transferências via SMS sem custo, um cartão de crédito, previdência, crédito consignado e diferentes opções de investimento. Ele não possui taxa de manutenção, além de saques ilimitados e gratuitos, assim como transferências TED e DOC também ilimitadas e sem custo.

Ao criar uma conta digital no C6 Bank, você ainda pode usar o PIX e já possui mais de 4 milhões de clientes, que podem usufruir de um programa de pontos chamado programa Átomos, no cartão C6 Carbon que traz diversos benefícios exclusivos.

Ele também possui opções de contas para PJ, que disponibiliza uma maquininha de cartão para realizar suas operações com cartão de crédito e débito, e até mesmo uma ferramenta chamada C6 Bank pedágio, que dispensa as filas do pedágio e permite ao cliente utilizar os guichês automáticos, descontando o valor direto da conta.

Abrir conta digital no C6 Bank

2. Nubank

2. Nubank

Um dos principais bancos digitais do Brasil, e o maior do mundo atualmente, o Nubank surgiu no país em 2016, oferecendo somente um cartão de crédito internacional, sem todas as operações e ferramentas de uma instituição bancária. No final de 2017, a empresa começou a oferecer a NuConta, a conta digital da empresa, tornando- se, oficialmente, um banco digital.

Oferecendo uma conta digital com rendimento automático, operações TED e PIX de forma gratuita, cartão de crédito sem nenhuma anuidade e até cashback em alguns planos ofertados, a empresa se tornou uma das mais conhecidas do ramo das fintechs.

Além disso, a empresa oferece linhas de crédito, investimentos e seguros, além de saques em caixas eletrônicos independentes, entretanto com uma tarifa de R$6,50 por saque.

Abrir conta digital no Nubank

3. Next

3. Next

Apesar de não ter sido criado por uma fintech, já que foi desenvolvido pelo Bradesco, o Banco Next é uma iniciativa diferente das contas tradicionais do banco, oferecendo uma conta totalmente digital e mais voltada para o público jovem.

Para agradar seu público-alvo, o banco possui recursos como fazer uma vaquinha com os amigos e uma forma de controle de gastos, além de trazer benefícios como desconto na contratação de serviços de streaming e brindes em lugares como o McDonald ‘s, Cinemark, Outback, Uber e outros.

Ele oferece uma conta digital gratuita, com transferências ilimitadas, além de TED/DOC, Pix, uma linha de crédito, cartões de crédito sem anuidade, investimentos e seguros, sem cobrar taxas de manutenção ou tarifas em operações.

Abrir conta digital no Next

4. Inter

4. Inter

O Inter já nasceu como um banco 100% digital, oferecendo um conta corrente sem nenhuma tarifa, além de TEDs (Transferência Eletrônica Disponível) ilimitadas e gratuitas e taxas 0 nos saques.

Um diferencial da conta digital do Inter é que ele disponibiliza um cartão de crédito internacional sem anuidade, com saques ilimitados em caixas Banco 24 Horas de forma totalmente gratuita.

O aplicativo ainda possibilita emitir e atualizar boletos da instituição e ferramentas de movimentação monetária, linhas de crédito e até uma poupança e outras opções de investimentos, além de opções de conta para MEI e PJ, com a disponibilização de uma maquininha de cartão, e até mesmo para pessoas menores de idade, com opções de controle.

Abrir conta digital no Inter

5. Original

5. Original

Oferecendo cashbacks em todas as compras com o cartão, a conta digital do banco Original possui diversos benefícios, mas possui uma cobrança de taxa mensal de R$19,99. Entretanto a taxa de manutenção é a única taxa exigida pelo banco, pois os cartões disponibilizados não possuem anuidade e a abertura da conta também é de graça.

Além disso, a conta digital oferece diversos produtos e opções de investimento, além de dar a possibilidade de isenção das taxas dependendo do comportamento financeiro do cliente. Ele também oferece soluções bancárias para pessoas jurídicas e até mesmo para o agronegócio.

As transferências TED/DOC e os saques são ilimitados e gratuitos, e o banco oferece ainda opções de investimento que podem ter um rendimento de até 100% do CDI a partir de 30 dias.

Abrir conta digital no Original

6. Neon

6. Neon

Com a proposta de trazer soluções bancárias de forma simples e prática, voltada para um público jovem, a conta digital Neon oferece transferências gratuitas, um cartão de crédito internacional visa sem nenhuma anuidade, empréstimo pessoas, investimentos e até 3 saques gratuitos por mês nos caixas eletrônicos Banco 24 horas.

Após os 3 saques gratuitos, o banco digital cobra uma taxa de R$5,90 por saque, mas tem transferências DOC e TED ilimitadas e sem custo, além de disponibilizar o uso do PIX. O banco digital Neon é ideal para quem quer uma conta digital descomplicada e prática, mas que ainda possui alguns benefícios. 

Abrir conta digital no Neon

Veja como abrir uma conta digital no exterior em nosso tutorial completo sobre o N26!

Qual é a origem dos bancos digitais?

Qual é a origem dos bancos digitais_

A criação e popularização do cartão de crédito foi o primeiro passo para, anos depois, se pensasse em um banco completamente digital. O cartão de crédito foi lançado, no Brasil, há pouco mais de 50 anos, em 1968, e após 15 anos, com a instalação do primeiro caixa eletrônico em 1983, as instituições bancárias começaram a digitalizar seus processos.

Aumentando muito a eficiência do trabalho nas agências, ao automatizar um trabalho que era feito por funcionários e poderia demorar muito tempo, além de tornar as operações que podiam ser realizadas nos caixas eletrônicos disponíveis 24 horas por dia.

A chegada dos bancos digitais no Brasil foi em 2016, com a regularização e regulamentação da atividade financeira exclusivamente digital feita pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). As primeiras fintechs disponíveis no mercado financeiro brasileiro foram o Original, Neon e Inter.

Como abrir uma conta em bancos digitais?

Como criar uma conta em bancos digitais_

Criar uma conta em um banco digital é processo muito simples, que inclusive é um diferencial da categoria em relação aos bancos tradicionais, que possuem diversas burocracias na hora de criar uma conta.

Mesmo sendo simples para pessoas mais acostumadas com os sistemas operacionais e funcionamento dos smartphones, algumas pessoas podem ter dificuldades de instalar e se cadastrar nos aplicativos para criar as contas digitais.

Por isso, preparamos um passo a passo de como criar uma conta digital em um banco totalmente virtual. Confira a seguir:

Passo 1: Procure a loja de aplicativos do seu smartphone, que depende do sistema operacional presente nele. Se for em dispositivos Android, acesse a Play Store, mas se for em dispositivos com iOS, como o iPhone, acesse a App Store.

Passo 2: Vá na barra de pesquisa da loja de aplicativos e digite o nome do banco digital no qual você deseja abrir uma conta digital, então aperte a tecla Ok no teclado para pesquisar.

Passo 3: Encontre o aplicativo oficial do banco digital que você deseja, que geralmente é um dos primeiros resultados da pesquisa.

Passo 4: Toque em “Instalar” e aguarde o download e instalação do aplicativo.

Passo 5: Encontre o aplicativo na página inicial ou bandeja de apps do seu smartphone.

Passo 6: Toque na opção de cadastro e insira as informações pedidas, como CPF, RG, e-mail e foto com o documento de identidade.

Após o cadastro, o banco digital irá analisar seu pedido de cadastro de acordo com os dados inseridos. O processo costuma levar alguns dias e, após a aprovação, que será avisada por e-mail e notificação no smartphone, você já poderá realizar operações financeiras em sua conta digital sem sair de casa, direto do celular.

Avalie este post

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 22

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.