Apogee Software se renova como Apogee Entertainment e se concentrará na publicação de Indies

Apogee Software, a editora de jogos americana com uma rica história nos jogos dos anos 90, está renomeando e relançando como Apogee Entertainment. De acordo com uma entrevista da GamesIndustry.biz com um dos fundadores da empresa, Scott Miller, o objetivo dessa ressurreição é “reivindicar nosso título de editora independente original”.

A Apogee Software pode muito bem ter sido um nome familiar para qualquer pessoa na indústria de jogos durante os anos 90. A editora foi o ponto de partida para várias franquias icônicas, incluindo Duke Nukem, Prey, Wolfenstein e Max Payne. A empresa também forneceu assistência aos desenvolvedores que desempenham um papel importante no mundo dos jogos de hoje, ou seja, Remedy Entertainment (Control, Alan Wake, Quantum Break) e id Software (Doom Eternal).

A história da Apogee Software fica um pouco mais complicada em meados dos anos 90. A empresa foi rebatizada como 3D Realms em 1994, com o nome e o logotipo da Apogee Software sendo vendidos para Terry Nagy, um colega de Miller.

A segunda mudança de marca da Apogee hoje foi um ano em andamento, de acordo com Miller. Na mesma entrevista para GamesIndustry.biz, Miller revelou que Nagy o abordou no ano passado com a ideia de trazer o Apogee de volta. A dupla compartilha um objetivo comum – trazer a Apogee para a vanguarda do mercado de publicação de jogos independentes. “Estamos trabalhando com desenvolvedores independentes novamente e escolhendo o que achamos que são os diamantes em bruto”, disse Miller. “E há muitos diamantes por aí.”

Para isso, a Apogee Entertainment já montou uma vitrine de seus próximos títulos para 2021 e 2022 e revelou seu primeiro projeto.

Apresentado por Jon St. John, a voz original por trás de Duke Nukem, o showcase forneceu pequenos trechos de jogos atualmente em desenvolvimento que serão publicados pela Apogee. Atualmente, a editora tem um título de zumbi, um jogo de tiro em primeira pessoa e uma aparente remasterização de Commander Keen nas obras, entre outros projetos.

O primeiro projeto revelado pela Apogee é o Residual, um jogo de plataforma de sobrevivência que está sendo desenvolvido pela Orangepixel. O jogo colocará os jogadores na pele de um explorador espacial que se despenha em planetas alienígenas. Usando sua inteligência e a tecnologia deixada para trás por incontáveis ​​civilizações passadas, os jogadores terão que sobreviver em mundos inóspitos. Residual está definido para ser lançado neste outono no Switch, PS5, Xbox Series X | S e PC via Steam.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *