Brink, Gears 5 Multiplayer Dev trabalhando no exclusivo Google Stadia



Splash Damage – o estúdio responsável pelo tiro em primeira pessoa com parkour Beirae os componentes multiplayer para ambos Engrenagens da guerra 4 e 5– anunciou que está em parceria com o Google para desenvolver “um título exclusivo” para o serviço de jogos em nuvem da empresa Stadia.

“Estamos empolgados em finalmente anunciar que estamos trabalhando em um título exclusivo em parceria com o Google Stadia”, escreveu Splash Damage em uma breve publicação no blog. “Na Splash Damage, estamos sempre procurando inovar e sempre procurando parceiros e plataformas que nos permitam fazer exatamente isso. Somos grandes fãs da Stadia desde que foi anunciada e ficamos impressionados com a tecnologia e a paixão para jogos que a equipe Stadia possui.

“Estamos empolgados em compartilhar mais com todos vocês sobre esse projeto nos próximos meses”.

Não está claro no que o estúdio está trabalhando com o Google, mas o Splash Damage tende a funcionar em projetos focados em vários jogadores. O Splash começou a trabalhar em mods de mapas para o Quake 3 Fortress antes de mergulhar em seu primeiro projeto oficial em Voltar ao Castelo Wolfenstein: Território Inimigo. O estúdio também desenvolveu o multiplayer para Batman: Origens Arkham, Doom 3, e os mencionados Gears of War 4 e 5. A equipe também teve suas mãos em Gears of War: Edição Ultimate e a versão para PC do Halo: A Coleção Master Chief. Atualmente, o Splash Damage está em desenvolvimento Táticas de engrenagens.

Apesar da recepção morna da Stadia no lançamento, o Google continua comprometido com o serviço de jogos em nuvem. O Google anunciou que possui abriu um estúdio novinho em folha com o ex-diretor do SIE Santa Monica Studio, Shannon Studstill. De acordo com a chefe de jogos e entretenimento da Stadia, Jade Raymon, o estúdio de Studstill se concentrará em “oferecer jogos exclusivos, usando novas mecânicas de jogo, maneiras criativas de jogar juntos e modelos de interação únicos que estamos começando a explorar”.





Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *