Diretor de Indiana Jones boicota a realização de filmes na Geórgia após mudanças recentes na lei do eleitor

O proeminente diretor James Mangold – que dirigiu Logan, Ford v Ferrari e Walk The Line e está contratado para dirigir o novo filme de Indiana Jones – disse que não fará um filme no estado da Geórgia devido a uma lei recente que faz mudanças nas regras de votação.

Mangold disse sucintamente no Twitter: “Não dirigirei um filme na Geórgia”.

A Geórgia é um dos centros de produção de filmes da costa leste dos Estados Unidos, com vários projetos da Marvel e da DC sendo filmados lá, como Os Vingadores, Homem-Aranha, Guardiões da Galáxia e o Esquadrão Suicida.

O novo projeto, que foi sancionado no final da semana passada, altera os requisitos de identificação do eleitor e muito mais. A senadora estadual democrata Jen Jordan disse sobre o projeto de lei: “É como a árvore de Natal das guloseimas para a supressão de eleitores”.

Mangold respondeu a várias pessoas no Twitter que o acompanharam e o desafiaram em sua declaração. Você pode ver algumas de suas respostas abaixo. A roteirista Amy Holden Jones, que escreveu Mystic Pizza, disse que Atlanta – que é onde muitas das grandes produções de Hollywood – é o “coração azul do estado”. Eliminar a produção de filmes na Geórgia prejudicaria os eleitores democratas, disse Jones.

O ator de Star Wars, Mark Hamill, também opinou sobre o assunto, dizendo que concorda com Mangold sobre querer parar de filmar na Geórgia. “No More Filming In Georgia”, escreveu ele como uma hashtag.

O próximo projeto de Mangold é o novo filme de Indiana Jones, estrelado por Harrison Ford. O diretor da série Steven Spielberg foi originalmente escalado para dirigir o filme, mas Mangold interveio depois que Spielberg se separou do filme.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *