Masayuki Uemura, o engenheiro-chefe do NES e SNES, desaparece

Masayuki Uemura, engenheiro de projeto que liderou a criação dos consoles icônicos Famicom (NES) e Super Famicom (SNES), faleceu em 6 de dezembro aos 78 anos. A Universidade Ritsumeikan, onde Uemura lecionou como professor após se aposentar da Nintendo, anunciou sua morte .

O impacto de Uemura na indústria de jogos não pode ser subestimado. O NES foi lançado em 1983 e se tornou notável pela maneira como revitalizou o mercado de videogames domésticos após a quebra da Atari e a perda de preferência do consumidor. A popularidade explosiva do NES levou ao segundo console de sucesso da Nintendo, o Super NES, em 1990.

XBOX em Oferta

Tocando agora: Análise da SNES Classic Edition

Em declarações à Famitsu (traduzido por Polygon), Uemura relatou o processo de desenvolvimento por trás do NES. “Um dia, Hiroshi Yamauchi (então presidente da Nintendo) me chamou e disse ‘Faça-me algo que permita jogar jogos de arcade na sua TV em casa”, disse ele. “Donkey Kong foi um grande sucesso nos fliperamas até então, e suponho que ele queria levar nosso nome para as casas também.”

Em uma entrevista para o Kotaku, Uemura revelou como era a vida depois que o NES foi um sucesso descontrolado. “Bem, meu salário subiu. Isso é um fato. Eu estava recebendo mais, mas o outro lado é que meu trabalho ficou muito mais difícil. A atitude do presidente Yamauchi desempenhou um grande papel nisso, mas meu sentimento era de ‘aproveitar o dia.’ Apenas vá em frente “, disse ele.

Após a Nintendo, Uemura se aposentou da empresa em 2004 e saiu para ensinar design de jogos na Universidade Ritsumeikan. Ele contribuiu para um capítulo importante na história dos jogos e deixou para trás um impacto que é difícil de capturar totalmente em palavras.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *