Novo MMO da Tencent, Tarisland, já está sendo chamado de clone do WoW pelos fãs

Início » Games » Novo MMO da Tencent, Tarisland, já está sendo chamado de clone do WoW pelos fãs

A gigante chinesa de jogos Tencent revelou recentemente seu novo MMORPG Tarisland, e não demorou muito para que os fãs percebessem que ele tem mais do que uma semelhança passageira com o próprio World of Warcraft da Blizzard.

Como WoW, Tarisland parece ser um MMO de fantasia com um estilo de arte exagerado e mais caricatural. Existem paladinos, magos, dragões, elfos com afinidade com a cor roxa que vivem em uma árvore gigante e muito mais. Isso, é claro, não seria suficiente para justificar o rótulo de clone, mas uma olhada mais de perto revela que muitos dos personagens e ambientes do jogo parecem ter emprestado liberalmente do WoW. Os designs dos elementais, dragões, aeronaves e até mesmo algumas das classes e raças jogáveis ​​do jogo, em particular, parecem ser fortemente inspirados pelo estilo de assinatura da Blizzard.

Agora jogando: Tarisland – Revelar Trailer (MMO Chinês)

O trailer de anúncio do jogo ainda apresenta um dragão que se parece incrivelmente com o pouso do Asa da Morte de WoW no topo das muralhas de uma cidade, em uma cena que lembra extremamente o filme WoW: Cataclysm. Tarisland até parece incluir dragonriding, o grande novo recurso de WoW que acaba de estrear como parte da bem recebida expansão Dragonflight do jogo.

Isso levou muitos criadores de conteúdo de WoW e fãs no subreddit de WoW a criticar a Tencent por sua falta de originalidade. O streamer do Twitch, MrGM, postou o trailer de anúncio do jogo para Twitter, afirmando que “este novo jogo da Tencent parece extremamente familiar.” Esse tweet até provocou uma resposta de Chris Metzen, um dos pais do WoW, que recentemente anunciou que voltaria à equipe de desenvolvimento do WoW como consultor criativo.

O anúncio de Tarisland ocorre no momento em que os serviços de jogos da Blizzard na China, incluindo WoW, devem ser encerrados em 23 de janeiro, marcando o fim de uma parceria de 14 anos entre a Blizzard e a chinesa NetEase Games. A Blizzard está atualmente procurando um novo parceiro para publicar seus títulos na China, mas recentemente ofereceu à NetEase uma extensão de seis meses de seu contrato atual. Essa oferta foi recusada pela NetEase, que alegou tratamento injusto e desigual. A Blizzard permitirá que os jogadores chineses de WoW baixem os dados de seus personagens para mantê-los seguros até que os serviços do jogo no mercado sejam retomados.

Os produtos discutidos aqui foram escolhidos independentemente por nossos editores. A Cibersistemas pode obter uma parte da receita se você comprar qualquer coisa apresentada em nosso site.

Via Game Spot. Post traduzido e adaptado pelo Cibersistemas.pt

Avalie este post

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *