O novo jogo do BioShock Creator passou por muitas reinicializações e alterações, afirma o relatório

Novos detalhes surgiram em relação ao novo jogo do criador de BioShock, Ken Levine, que ele está fazendo para o Take-Two, e o projeto parece estar enfrentando alguns problemas. 15 atuais e ex-desenvolvedores do estúdio Ghost Story Games de Levine disseram à Bloomberg que o projeto foi reinicializado e mudou de direção desde o início do trabalho em 2014.

Lojas Americanas

Os desenvolvedores que falaram no site disseram que Levine “se esforça para comunicar sua visão e afasta ou intimida subordinados que o desafiam ou não atendem às suas expectativas”.

Lojas Americanas

Tocando agora: Narrative Legos com Ken Levine – GDC 2014

Os desenvolvedores brincaram sobre participar de um “Kenception”, que seria entrar nos sonhos de Levine e dar a ele ideias que ele acredita ter criado por si mesmo, como Leonardo DiCaprio faz no filme de Christopher Nolan, A Origem.

O relatório diz que Levine tem uma boa autonomia devido ao sucesso de seus jogos anteriores, mas alguns trabalhadores disseram que o nível de liberdade que Levine tem não é realmente bom para o projeto.

O desenvolvedor Mike Snight disse à Bloomberg que “Ken é uma pessoa muito difícil de trabalhar.” Snight acrescentou: “Acho que ele tentou muitas mudanças e realmente se destaca melhor nesta empresa do que a Irracional, porque é um grupo menor de pessoas.”

Snight e metade da equipe original que formou Ghost Story deixaram a empresa, disse o relatório. Seja qual for o novo jogo, um funcionário disse que ele está progredindo melhor, mas ainda pode não ser lançado até 2024.

Quanto ao novo jogo do Ghost Story, o relatório disse que a primeira ideia da empresa foi um atirador de ficção científica semelhante a BioShock ambientado em uma estação espacial. Foi projetado para ser lançado no outono de 2017, disse o relatório, mas isso nunca aconteceu.

Levine disse ter feito um acordo especial pelo qual ele se reporta diretamente à administração da Take-Two em vez da 2K Games, a editora da série BioShock. Levine disse aos funcionários que o orçamento do Ghost Story nada mais é do que um “erro de arredondamento” para a Take-Two, o que pode explicar por que a empresa recebeu tanto tempo sem lançar um produto.

Nem Levine nem Take-Two comentaram sobre a história – a Cibersistemas deu continuidade a ambos na tentativa de obter mais detalhes. Vá para a Bloomberg para ler a história completa.

Quanto à série BioShock, o novo estúdio da 2K, Cloud Chamber, está desenvolvendo a próxima entrada da série – e pode ser um título de mundo aberto. A série BioShock está inativa há alguns anos, com o lançamento da linha principal mais recente, BioShock Infinite, chegando em 2013.

Antes disso, as listas de empregos na Cloud Chamber sugeriam que o novo BioShock apresentaria um “mundo novo e fantástico”, sugerindo que ele não retornaria a Rapture ou Columbia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.