Sony esta planejando investir pesadamente em jogos de servico ao

O chefe da PlayStation, Jim Ryan, comentou sobre a compra da Bungie pela Sony, discutindo como o estúdio Destiny ajudará a Sony a fazer mais incursões na categoria de serviço ao vivo e ajudá-la a ir “além” do console sozinho.

Falando ao GI.biz, Ryan disse que a Sony e a Bungie são “como duas peças de um quebra-cabeça que podem se encaixar”. Enquanto a Sony historicamente é mais conhecida por seus jogos single-player e cheios de histórias, a Bungie é habilidosa em desenvolver “jogos enormes e imersivos que não têm fim”, disse Ryan.

Agora jogando: Destiny 2: A Rainha das Bruxas – Mundo do Trono de Savathûn

Ryan disse que a Sony estava pensando em fazer mais jogos de serviço ao vivo antes de comprar a Bungie, mas adquirir o estúdio ajuda a Sony a atingir esse objetivo ainda mais rápido.

“Eu nos apoiaria para fazer [live-service games] nós mesmos, mas quando você tem o potencial de ter um parceiro como a Bungie que já esteve lá, fez tudo isso antes, aprendeu as lições e tem essa equipe maravilhosa e brilhante que está lá e tem potencial para nos ajudar… podemos pegar algo que levaria um certo número de anos e diminuir significativamente o tempo que levará para acertar”, disse Ryan.

Também na entrevista, Ryan abordou os planos da Sony de aumentar o tamanho da comunidade PlayStation “expandindo além do nosso coração histórico de consoles”. O executivo disse que isso pode assumir a forma de lançar jogos “em lugares diferentes e jogados de maneiras diferentes”. A Sony já está fazendo isso lançando alguns de seus jogos de console no PC, incluindo God of War mais recentemente. Mas a expansão também está focada em se inclinar ainda mais para a categoria de serviço ao vivo, e adquirir a Bungie ajuda a Sony a chegar lá mais rápido, disse Ryan.

“Temos um roteiro agressivo com serviços ao vivo. E a oportunidade de trabalhar e aprender particularmente com as pessoas brilhantes e talentosas da Bungie… isso vai acelerar consideravelmente a jornada em que nos encontramos”, disse Ryan.

Fora da Bungie, a Sony assinou um contrato para o primeiro jogo da Firewalk Studios, uma equipe de desenvolvimento AAA fundada por ex-veteranos de Halo e Destiny. Este é um jogo multiplayer ambientado em um novo universo, embora o jogo ainda não tenha sido anunciado oficialmente.

A compra da Bungie pela Sony não significa que Destiny se tornará exclusivo do PlayStation. O jogo e os futuros títulos da Bungie serão lançados em várias plataformas.

A Cibersistemas pode receber uma comissão de ofertas de varejo.

Via Game Spot. Publicação traduzida automaticamente para o Português. Veja o artigo original