Tim Cook da Apple e Tim Sweeney da Epic testemunharão durante o julgamento Fortnite em maio

O processo antitruste entre a Epic Games e a Apple está se aproximando, e as listas de testemunhas incluem duas figuras importantes definidas para tomar posição: o CEO da Epic, Tim Sweeney, e o CEO da Apple, Tim Cook. Sweeney testemunhará por quase oito horas, enquanto Cook será examinado por aproximadamente duas horas.

O VGC relata que os dois CEOs devem testemunhar sobre tópicos muito diferentes, mas abrangentes. Sweeney provavelmente se concentrará no modelo de negócios da Epic e nas discussões com a Apple e o Google, bem como em seu relacionamento com a concorrente Samsung. Diz-se que Cook se concentra na App Store e em seus concorrentes, bem como de forma mais ampla nos valores corporativos da Apple.

A lista provisória de testemunhas também inclui executivos de outras empresas de tecnologia, incluindo Microsoft, Facebook e Nvidia. A Apple já havia tentado impedir a Epic de chamar publicamente algumas testemunhas, mas o pedido foi negado. O julgamento está programado para começar em 3 de maio, com planos de durar cerca de três semanas.

A batalha legal começou quando a Epic lançou uma atualização do Fortnite que contornou o mecanismo de pagamento da App Store, efetivamente cortando o corte de 30% da Apple. A Apple respondeu retirando o Fortnite da App Store, fazendo com que a Epic respondesse com uma campanha de relações públicas pronta, incluindo um filme parodiando o famoso comercial da Apple de 1984 e uma campanha de mídia social “Free Fortnite”. Em uma ação judicial emitida pouco depois, a Epic alegou que a loja da Apple representa um monopólio e solicitou permissão para vender diretamente aos clientes à la Netflix – ou mesmo para abrir sua própria App Store concorrente.

A Epic também iniciou um grupo de lobby com alguns outros desenvolvedores chamado Coalition for App Fairness. Ela tem pressionado por contas em vários estados que efetivamente forçariam a Apple e o Google a permitir que os desenvolvedores configurassem seus próprios sistemas de pagamento. Um desses projetos foi recentemente suspenso no senado estadual do Arizona. A Apple, por sua vez, parece ter documentação interna da Epic sobre sua campanha de relações públicas – que ela diz ter se chamado “Projeto Liberdade” – e que o esforço tinha como objetivo aumentar o interesse no Fortnite.

Cibersistemas pode receber uma comissão de ofertas de varejo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *