Recapitulação da estreia de ‘The Peripheral’ – Chloe Grace Moretz Amazon Series

Início » Notícias » Séries e TV » Recapitulação da estreia de ‘The Peripheral’ – Chloe Grace Moretz Amazon Series

O Periférico está prestes a levar a realidade virtual a um novo extremo.

No último sarau de ficção científica do Prime Video (a estreia já está disponível para transmissão, com novos episódios saindo às sextas-feiras), uma jovem de uma cidade pequena chamada Flynne Fisher (Chloe Grace Moretz) coloca as mãos em um fone de ouvido para jogos futurista que finalmente coloca ela e sua família em perigo. O que ela a princípio assume são realidades fictícias começam a parecer mais reais do que nunca, pois ela e seu irmão aprendem rapidamente que o sistema que estão testando beta não é apenas um jogo. É muito mais perigoso do que isso.

Continue lendo para uma recapitulação do episódio 1 (e não deixe de conferir a resenha de Dave Nemetz aqui).

Em Londres 2099, um cara chamado Wilf está sentado em um banco de parque observando a cidade ao seu redor, enquanto uma jovem chamada Aelita (que parece ser um avatar?) se senta. Ele diz que ela salvou sua vida; ela diz que vai salvar o mundo (mas não “nosso mundo”). É tudo muito enigmático e propositalmente assim.

Chloe Grace Moretz em The Peripheral no Amazon Prime VideoEm algum lugar nas montanhas Blue Ridge em 2032, conhecemos Flynne, uma jovem que cuida de sua mãe doente e acamada. Seu irmão Burton mora em um trailer do lado de fora e está amarrado em uma cadeira de jogos a diesel, óculos de realidade virtual e tudo. A dupla testa vídeos para poder pagar a vida, que inclui os medicamentos caríssimos da mãe. Quando Burton deixa sua irmã ficar na berlinda, vemos que Flynne é uma jogadora.

Flynn trabalha em uma empresa de impressão 3D, onde seu colega de trabalho diz que Burton recebeu um “aparelho de pilotagem remota”. A embalagem contém componentes que ainda nem têm patentes e, como o cliente solicitou uma cadeia de custódia, Flynne precisa escanear seu globo ocular para trazê-lo para casa.

Burton é contratado para testar essa mistura de VR de ponta, e quanto mais tempo eles jogam, mais eles ganham. Aprendemos que as habilidades de jogo de Flynne, de fato, superam as de seu irmão, então ele precisa da ajuda dela nos testes. Ela concorda a contragosto e coloca o otário em sua cabeça. Não há tela no dispositivo, mas quando ela conta a partir de 10, ela está acelerando por Londres à noite em uma motocicleta. Uma voz pergunta se é como outros Sims que ela experimentou, mas não é; ela pode sentir tudo acontecendo com o avatar (que atualmente é seu irmão na simulação). A voz a direciona para o Palácio de Buckingham e diz para ela entrar.

Uma festa da empresa está acontecendo e ela é instruída a abordar uma mulher chamada Marielle e convencê-la a levá-la para casa. Flynne faz o trabalho rápido da tarefa. Ela então recebe ordens para nocautear a senhora com uma substância misteriosa em uma ampola, mas assim que o faz, ela é atacada pelo motorista robótico. Há uma briga violenta, mas Flynne consegue tirá-la e pular no banco do motorista. Ela para em um novo local e conhece a mulher que é a voz dentro de sua cabeça. Depois de alguns “e se” enigmáticos, a mulher diz que eles retomarão a missão amanhã.

A Amazônia Periférica Chloe Grace MoretzFlynne sai do simulador e está em alta, ou seja, até ficar tonta e precisar se sentar. Quando ela se recupera, ela vai a um bar para pegar algumas pílulas para sua mãe, mas ela não tem dinheiro suficiente. Conner, um amputado, vem em sua defesa, e pelo jeito que ele fala, ele está não um para ser mexido. O traficante e seus comparsas finalmente dão a ela o que ela precisa. Lá dentro, o chefe dos traficantes não está feliz por terem sido repreendidos por um homem bêbado e deficiente. Ele esmaga o rosto de seu empregado em um copo por fazê-lo parecer fraco.

Quando ela volta para ver seu irmão, Flynne vê que ele está aleijado de dor; suas costas são adornadas com manchas brilhantes e veias pulsantes. Na manhã seguinte, sua mãe revela que Burton está lhe dando suas pílulas extras. Parece que esta família nunca pode descansar.

Flynne entra na simulação mais uma vez, e desta vez ela acorda (ainda como Burton) em uma mesa de operação. Há um globo ocular em um frasco e a mulher da última vez ordena que as pessoas retirem o olho de “Burton” e o substituam pelo olho abalado. (Espero que você não esteja enjoado!) Flynne acorda em um carro. Eles chegam a um prédio e com o novo olho, Flynne tem acesso. Eles descem de elevador e entram em um longo corredor. Eles são seguidos por um homem que quer matá-los. Ele chama a mulher misteriosa de “Aelita” e a derruba com um dispositivo de estrondo sônico thingamajig. “Burton” percebe que sua mão parece robótica e, enquanto ele dança com o bandido, Aelita escapa. “Burton” leva um estrondo sônico na cabeça e, quando isso acontece, Flynne acorda e vomita. “Nunca mais!” ela grita.

No dia seguinte, ela conta a seu amigo Billy sobre a nova tecnologia. “Não posso deixar de pensar que realmente estava lá”, diz ela. “Não apenas em outro sim.” Bem, isso é um pouco enervante, não é?

Enquanto no trabalho, Flynne recebe um toque em seu SmartWatch por Wilf, que lhe diz que ela está em grande perigo e que ela deve entrar novamente na simulação. Ela diz a ele para não ligar para ela novamente. Enquanto fecha o trabalho, Wilf entra em contato com ela novamente através da tecnologia da loja. Ele diz que a família dela é o alvo de um assassinato por encomenda, e ele não pode ajudá-la a menos que ela volte a entrar. Ela pega suas coisas e foge. Quando ela conta ao irmão e aos amigos dele o que aconteceu, eles riem. Para hahas, eles voam com um drone para ver se alguém está por perto e encontram um grupo de homens escondidos na floresta. E eu não sei exatamente o que esses homens lançam em direção à casa dos Fisher (algum tipo de dispositivo explosivo?), mas não pode seja bom.

Fez O Periférico Uau, você? Avalie a estreia abaixo e deixe alguns comentários!



Com informações de TV Line.

Avalie este post

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *