‘The Sex Lives of College Girls’ Recap: Temporada 2, Episódio 4 – Separação

Início » Notícias » Séries e TV » ‘The Sex Lives of College Girls’ Recap: Temporada 2, Episódio 4 – Separação

Aviso: O texto a seguir contém spoilers para A vida sexual das universitárias Temporada 2, Episódio 4. Prossiga por sua conta e risco!

A vida sexual das universitárias quebrou alguns corações nos novos episódios de quinta-feiraquando as inseguranças de Whitney sobre o status de seu relacionamento com Canaan levaram ao fim de seu romance.

Recapitulação da vida sexual das universitáriasTudo começou quando Canaan pediu Whitney para ser sua namorada, algo que ela pensava que já era. Então isso significava que ele estava saindo com outras pessoas enquanto eles estavam juntos? Com as sugestões imprudentes das irmãs da fraternidade Kappa em sua cabeça, Whitney vasculhou o telefone de Canaan e encontrou algumas mensagens incriminatórias de sua colega de trabalho Zoe. Canaan admitiu que Zoe estava com ele, mas ele recusou. Ele é um cara bonito sem grandes problemas, então as garotas vão gostar dele, ele explicou. (Essa é uma grande dose de autoconfiança!) Então Canaan disse a Whitney que um relacionamento não deveria ser tão difícil e terminou com ela.

Alyah Chanelle Scott, que interpreta Whitney, admite estar arrasada com a separação, “mas também adorei, porque eles precisam ter algum tipo de história. Nada pode ser tão bom”, acrescenta a atriz.

“Também acho que foi ótimo porque se aprofundou em Whitney, pois expôs a si mesma alguma insegurança profundamente enraizada que ela tem”, continua Scott, supondo que talvez esses problemas sejam o resultado de um “trauma” de seu relacionamento com Dalton. ultima temporada.

Whitney acabou descobrindo que seu namorado/treinador de futebol secreto também era casado secretamente, então não é de surpreender que Dalton tenha feito um número com ela. “Ele estragou tudo com ela,” Scott confirma.

Como resultado, Whitney agora “descobre que tem algo em que precisa trabalhar e trabalhar”, diz Scott. Portanto, embora o rompimento com Canaan seja uma coisa triste, a dor de cabeça leva Whitney a uma jornada positiva de autodescoberta, pessoal e acadêmica. “Apenas abriu uma nova porta de crescimento para ela, o que foi ótimo, e também [leads] ela para outro mundo, o que também foi muito bom”, conta Scott.

Em uma nota mais positiva, Whitney (e Leighton) foi aceito na casa Kappa. Embora Whitney nunca tenha parecido completamente à vontade entre a irmandade, “eu acho que é um lugar para onde ela se sente como as pessoas como ela e que ela não tem que fazer muito trabalho ou pensar muito nisso”, diz Scott. “Acho que ela julga muito o meio ambiente, mas ainda volta para a casa Kappa porque é um lugar seguro onde as pessoas são legais e gostam dela.”

Enquanto isso, a casa de KJ “é um lugar onde ela tem que correr para Canaã, [when] ela está meio envergonhada com a forma como o relacionamento terminou, e ela não está pronta para aceitar isso, mas ela aceita, e é interessante,” Scott brinca.



Com informações de TV Line.

Avalie este post

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *