Por que o Web Design ainda é importante em 2023

Início » Web Design » Por que o Web Design ainda é importante em 2023

À medida que avançamos para 2023, há um número crescente de maneiras pelas quais as empresas podem se envolver com seus clientes. E à medida que o número de aplicativos, extensões de navegador, feeds de mídia social, boletins informativos, vlogs e podcasts cresce, você pode ser perdoado por pensar que os sites são um pouco menos essenciais do que eram em, digamos, 2021.

No entanto, a verdade é que os sites continuam sendo uma parte insubstituível do cenário digital e continuarão sendo em 2023 e além.

Os sites, como a pedra angular de uma experiência digital centralizada e privada, não poderiam ser mais relevantes. Ao contrário das tecnologias concorrentes, os sites permitem o controle quase total de seu código-fonte, e isso oferece uma oportunidade para designers e desenvolvedores qualificados competirem com os maiores nomes dos setores de seus clientes de uma forma que simplesmente não é possível em sistemas rigidamente governados como o social meios de comunicação.

Web design de qualidade não apenas ajuda as empresas a aumentar seu tráfego, mas também pode aumentar a qualidade desse tráfego; uma página da web atraente e fácil de usar incentivará os usuários da web a permanecer na página por mais tempo e explorar mais o conteúdo ao qual ela se vincula.

Sites versus mídias sociais

Para muitas marcas, a opção que procuram para se conectar com os clientes é a mídia social. Particularmente plataformas como Facebook e Instagram. Enquanto bilhões de nós estamos felizes em passar nosso tempo livre nas mídias sociais, não é uma ótima plataforma para tomada de decisões informadas ou cumprimento de tarefas. Para qualquer forma de produtividade, os sites são superiores:

  • Flexibilidade: Os sites podem ser personalizados para se adequarem à visão e aos valores de uma empresa, enquanto a mídia social tende a ampliar as contas que refletem seus próprios valores.
  • Propriedade: Quando você publica em seu site, você é o dono do seu conteúdo, quando você publica nas mídias sociais, a plataforma tende a ser a dona do seu conteúdo.
  • Investimento: Como vimos recentemente com uma determinada rede social com tema de pássaro, você pode passar anos investindo tempo em seu canal de mídia social apenas para vê-lo cancelado por um indivíduo com sua própria agenda.
  • ENCONTRABILIDADE: Os sites podem ser descobertos nos mecanismos de pesquisa e, embora os algoritmos governem esses mecanismos de pesquisa, a concorrência entre diferentes mecanismos de pesquisa mantém os algoritmos de pesquisa honestos. Cada uma das redes de mídia social usa um único algoritmo, tornando-as livres para desviar a navegação da maneira que escolherem.
  • Escalabilidade: Os sites podem aproveitar as tecnologias mais recentes para melhorar a experiência do usuário, nas mídias sociais a experiência do usuário é regida pelas decisões da rede.

Sites x aplicativos

Quando se trata de possuir um pedaço da internet, um aplicativo conectado parece propriedade. No entanto, os sites têm vários benefícios em relação a um aplicativo, desde uma experiência de usuário superior até custos de desenvolvimento mais baixos. E, finalmente, os aplicativos também são controlados por terceiros.

  • Acessibilidade: Os sites são universalmente acessíveis, enquanto os aplicativos geralmente são limitados a determinados sistemas operacionais ou plataformas. Se você deseja distribuir para dispositivos, precisará ser aprovado pelo proprietário da loja, que pode (e irá) alterar os termos e condições de distribuição da loja sem consultá-lo.
  • Flexibilidade: Os sites fornecem um nível maior de flexibilidade e escalabilidade do que os aplicativos.
  • Custo-beneficio: Um site simples pode ser criado e lançado em um fim de semana, eles são consideravelmente mais econômicos para desenvolver e manter do que aplicativos.
  • ENCONTRABILIDADE: Os mecanismos de pesquisa evoluíram em torno das tecnologias do site e é muito mais fácil criar um site detectável do que um aplicativo com classificação alta em uma loja de aplicativos.
  • Universalidade: Os sites têm custos de entrada mais baixos para os usuários e não são necessários downloads ou compras.
  • Recursos de terceiros: Os sites podem integrar conteúdo de terceiros, como chatbots, gateways de pagamento e formulários, que geralmente exigem licenciamento para serem incluídos em um aplicativo.

Sites x Podcasts e Vlogs

Não há dúvida de que podcasts e vlogs são tipos de conteúdo envolventes. No entanto, eles são muito limitados quando se trata de diferentes tipos de experiência. Estas tendem a ser experiências passivas e lineares. Mesmo que seu podcast se abra para a interação do ouvinte, seus clientes ainda são consumidores passivos.

  • Custo-beneficio: Os sites podem ser configurados de forma muito barata, podcasts e vlogs, por outro lado, exigem altos valores de produção para competir.
  • Longevidade: O conteúdo do site bem escrito pode permanecer relevante por anos, a vida útil de um vlog ou podcast geralmente é de apenas alguns meses.
  • Flexibilidade: Os sites podem incorporar podcasts e vlogs, bem como praticamente qualquer outro conteúdo; podcasts e vlogs só podem ser podcasts e vlogs. Os sites continuarão a evoluir muito depois que os podcasts se tornarem obsoletos.
  • Simples: Agora existe uma variedade de opções sem código para criar um site confiável, o que significa que isso pode ser feito com pouca ou nenhuma habilidade ou experiência. Podcasts e vlogs exigem muito conhecimento técnico para serem produzidos.
  • ENCONTRABILIDADE: Assim como outras tecnologias, podcasts e vlogs não podem competir com sites quando se trata de otimização de mecanismo de pesquisa.
  • Mais rápido: Um site bem projetado é muito menor do que um podcast ou vlog, tornando-o mais barato e fácil de acessar, especialmente em uma rede celular.

Sites em 2023 e além

Em 2023, os sites ainda serão uma parte crítica de uma estratégia de negócios bem-sucedida e os web designers continuarão a ser membros essenciais de qualquer equipe.

Os sites continuam a oferecer inúmeros benefícios em relação a outras tecnologias, incluindo maior flexibilidade, economia e oportunidades superiores de mecanismo de pesquisa.

Ao contrário das plataformas de mídia social que permitem personalizar alguns ativos, como avatares e cores, os sites podem ser totalmente personalizados para se adequar ao tom e estilo de uma marca. Além disso, os sites têm uma barreira muito menor à entrada do que podcasts, vlogs ou aplicativos. Embora os aplicativos possam oferecer um conjunto mais rico de recursos do que um site, isso é compensado pelas restrições impostas aos recursos de plataforma e dispositivo.

Os sites continuarão a evoluir à medida que o cenário tecnológico muda. Novas ideias para consumir mídia digital aparecerão ao longo do tempo, oferecendo novas experiências únicas – por exemplo, a adoção em massa de AR (Realidade Aumentada) está chegando. No entanto, o site evoluiu perfeitamente para os tipos de interação simples com o cliente dos quais as empresas dependem e continuará a ser importante em 2023 e além.

Imagem em destaque por fullvector no Freepik

Com informações de WebDesigner Depot.

Avalie este post

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *