Apple obtém 39.000 jogos da App Store chinesa

Em um movimento que é visto como a maior remoção em um único dia, a Apple excluiu cerca de 39.000 jogos para celular de sua loja de aplicativos chinesa, de acordo com a Reuters.

A remoção em massa ocorre no momento em que a Apple inicia uma repressão de fim de ano aos jogos não licenciados pelas autoridades chinesas. Como resultado, incluindo os 39.000 jogos retirados, a empresa retirou um total de 46.000 aplicativos da loja chinesa de aplicativos iOS na véspera do Ano Novo. Conforme citado pela Reuters, a empresa de pesquisas Qimai disse que apenas 74 dos 1.500 jogos mais pagos passaram pelo expurgo.

As editoras tinham até 31 de dezembro, prorrogado inicialmente do final de julho, para enviar um número de licença emitido pelo governo que permitisse o uso de compras no aplicativo em seus jogos. Os títulos afetados incluem Assassin’s Creed Identity e NBA 2K20, de acordo com Qimai. Não está claro quais outros jogos foram removidos da app store.

Uma lei está em vigor na China desde 2016 que determina que todos os jogos pagos com compras no aplicativo devem ser aprovados pela Administração Nacional de Publicações e Imprensa do país, o órgão governamental que aprova os lançamentos de jogos. As lojas Android impõem essa lei há anos, mas as lacunas no mercado do iOS permitem que os jogos sejam lançados na China sem números de licença. A Apple alertou os desenvolvedores ao excluir mais de 8.000 jogos em uma única semana no início de julho de 2020.

Tocando agora: 8 jogos mais esperados de 2021

Cibersistemas pode receber uma comissão de ofertas de varejo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *