Veja como atualizar Windows 7 para Windows 10 DE GRAÇA!

Veja como atualizar Windows 7 para Windows 10 DE GRAÇA!

Atualmente, o Windows, desenvolvido e publicado pela Microsoft, é o sistema operacional mais usado do mundo, dominando cerca de 82% dos computadores do mundo, segundo uma pesquisa realizada pela StatCounter, uma empresa de estatísticas digitais.

Tanto nos computadores portáteis, como notebooks, tablets e híbridos,quanto nos desktops, o sistema o Windows está presente na grande maioria dos dispositivos, das mais diferentes marcas e fabricantes. 

Quer saber como atualizar seu Windows 7 para o Windows 10 de forma gratuita? Confira o passo a passo abaixo:

Como atualizar o Windows 7 para o Windows 10

Para conseguir atualizar seu computador Windows 7 para Windows 10 (também se aplica a computadores com Windows 8 e 8.1), ele precisa conter alguns requisitos mínimos para rodar no seu dispositivo, são eles:

Para a versão de 32 bits

  • 1 GB de RAM
  • 16 GB de memória interna

Para a versão de 64 bits

  • 2GB de RAM
  • 20 GB de memória interna

Passo 1: Por conta da ferramenta de atualização disponibilizada pela Microsoft, o processo é bastante simples, bastando acessar o site oficial clicando aqui e clicar na opção “Baixar a ferramenta agora”.

Passo 2: Clique no arquivo executável que será baixado e aceite os avisos e termos de licença aplicáveis, clicando com o botão esquerdo do mouse em “Aceitar”, localizada no canto inferior direito.

Passo 3: Na janela que irá surgir, selecione a opção “Atualizar este computador agora” e, em seguida, clique em “Avançar”, localizado no canto inferior direito.

Passo 4: Aguarde a instalação ser finalizada e deixe que o computador reinicie e faça os procedimentos iniciais corretamente e seu computador será atualizado para o Windows 10.

Versões populares do Windows e motivos para atualizar

Versões populares do Windows e motivos para atualizar

Apensar do Windows ser quase onipresente, outros sistemas também estão presentes no mercado, mesmo que em um quantidade muito menor de dispositivos, como o Linux, que possui software livre e código aberto, e o macOS, desenvolvido e distribuído pela Apple.

Além dos sistemas operacionais Windows domésticos, desenvolvidos especificamente para computadores residenciais e com as funções básicas, a Microsoft já desenvolve e distribui versões do sistema para outros fins, como o Windows NT, feito exclusivamente para empresas e processos corporativos, com ferramentas projetadas para estas finalidades, e o Windows Server, planejados para o monitoramento e administração de servidores.

Com o sucesso do sistema operacional e popularização dos smartphones, que aconteceu após o lançamento do primeiro iPhone, em 2007, pela Apple, a Microsoft também desenvolveu versões do Windows para os dispositivos móveis. 

Um deles foi o Windows Phone, lançado em 2010 e que chegou para competir com o Android, desenvolvido pela Google, e o iOS, presente nos iPhones lançados pela Apple. Mesmo com o investimento alto da empresa e parcerias com fabricantes de sucesso no mercado, como o Nokia, o sistema não se popularizou e teve seu fim marcado pelo anúncio do encerramento do suporte oficial da Microsoft para o Windows Mobile em novembro de 2019.

Nos computadores, o sistema operacional mais usado atualmente teve seu crescimento em um ritmo moderado, tendo sua primeira versão, intitulada Windows 1.0, lançada em novembro de 1985.

Windows 7

Windows 7

Uma das versões mais usadas e populares do sistema, o Windows 7 foi lançado em 2009 e chegou com um suporte completo a diversas inovações de hardware que estavam sendo lançadas na época, além de corrigir diversos problemas da versão anterior, o Windows Vista.

Facilitando ainda mais o uso da tela por diversos aplicativos e o multitarefa, o sistema incorporou o visual “Aero”, com bordas transparentes à aparência geral do sistema, mas dessa vez com otimizações necessárias para uma navegação mais fluida e sem travamentos.

Windows 8

Windows 8

Com uma mudança drástica na interface do sistema, o Windows 8 foi uma versão controversa do sistema, por retirar elementos conhecidos pelos usuários e substituí-los por aplicativos e menus inspirados nos sistemas operacionais de smartphones, como o Android, o iOS e principalmente o Windows Phone, antigo sistema mobile da Microsoft.

Modificando o icônico Menu Iniciar e substituindo pela “Tela Iniciar”, uma grande interface horizontal com ícones grandes e coloridos, alguns deles interativos, trazendo informações relevantes, similares aos antigos widgets da tela inicial das versões anteriores. 

Lançado em 2012, muitos dos aplicativos antigos ainda nos estilos de versões anteriores, e outros adaptados para esse design, que favorecia a navegação por telas touchscreen, que era restrita a poucos notebook na época, a interface era bastante poluída e confusa.

Por conta das reclamações de usuários, a empresa lançou, algum tempo depois, o Windows 8.1, que tinha uma opção para alterar a interface para os padrões anteriores do sistema.

Windows 10

Windows 10

Lançado em 2015, o Windows 10 abandonou a interface trazido na versão anterior e retornou para uma similar ao desktop tradicional do Windows 7, com a Barra de Tarefas e o Menu Iniciar. 

Apesar de algumas ferramentas inseridas na versão anterior continuarem presentes no Windows 10, o sistema as integrou de uma forma mais competente, diminuindo a poluição visual da interface e tornando a experiência de navegação mais fluida.

Um dos principais motivos para a popularização do Windows 10 também foi a decisão da Microsoft de disponibilizá-lo gratuitamente para todos os usuários que possuem as versões legalizadas do Windows 7 e Windows 8. Essa atualização, inclusive, é recomendada pela Microsoft, já que ela não oferece mais suporte para essas versões antigas do sistema.

Ele é um dos sistemas operacionais mais utilizados até hoje, mesmo 7 anos após seu lançamento, pois recebe atualizações frequentes adicionando recursos e corrigindo falhas de segurança.

Windows 11

Windows 11

A última versão do Windows, lançada em 2021, 6 anos depois do lançamento do Windows 10, também foi disponibilizada para os usuários das versões anteriores do sistema de forma gratuita, desde que os sistemas operacionais tenham sido adquiridos de forma legal.

Após as polêmicas que aconteceram com o Windows 8, a Microsoft não arriscou e manteve o aspecto geral do sistema similar às versões anteriores, apenas com algumas mudanças nos ícones e janelas do sistema.

Além disso, a principal mudança visual foi no Menu Iniciar, que teve seu ícone mudado para a parte central da tela, ao invés do canto inferior esquerdo, como era nas versões anteriores, além de uma reformulação visual.

Outra mudança foi nos widgets, que nessa versão do sistema operacional fica localizado na barra de tarefas, exibindo informações constantemente, que podem ser ampliadas e vistas com mais detalhes colocando o mouse em cima da região na qual as informações são exibidas. Ele foi distribuído em diferentes versões, a Home, a Pro, a Pro Education e a Pro For Workstation.

A atualização para o Windows 11, assim como o Windows 10, pode ser feita de forma gratuita, tanto pela Ferramenta de Atualização do Windows quanto pelo Windows Update, seção das configurações do sistema operacional usada para atualizações.

Veja abaixo como fazer dos dois modos.

Como atualizar para o Windows 11 usando o Assistente de Atualização do Windows 

Passo 1: Por conta da ferramenta de atualização disponibilizada pela Microsoft, o processo é bastante simples, bastando acessar o site oficial clicando aqui e clicar na opção “Baixar a ferramenta agora”.

Passo 2: Clique no arquivo executável que será baixado e aceite os avisos e termos de licença aplicáveis, clicando com o botão esquerdo do mouse em “Aceitar”, localizada no canto inferior direito.

Passo 3: Na janela que irá surgir, selecione a opção “Atualizar este computador agora” e, em seguida, clique em “Avançar”, localizado no canto inferior direito.

Passo 4: Aguarde a instalação ser finalizada e deixe que o computador reinicie e faça os procedimentos iniciais corretamente e seu computador será atualizado para o Windows 10.

Como atualizar seu dispositivo para o Windows 11 utilizando o Windows Update

Passo 1: Acesse as configurações do seu dispositivo, clicando no Menu Iniciar e selecionando “Configurações”.

Passo 2: Clique na opção “Atualização e Segurança”, localizada no fim da lista da janela que irá surgir.

Passo 3: Acesse a aba Windows Update, na lista localizada no lado esquerdo da janela, e clique em “Verificar se há atualizações”, para checar as novas versões do Windows e baixá-las em seu dispositivo.

Passo 4: Após o download, reinicie seu dispositivo para concluir a instalação.

Saiba mais sobre as versões anteriores do Windows 

Uma das grandes vantagens do Windows é que as atualizações (apesar de mais radicais em alguns momentos da história), são iterativas e certa estabilidade e compatibilidade é garantida quando mudando a versão do sistema operacional. Conheça algumas dessas atualizações mais antigas.:

Windows 1.0

Windows 1.0

Como o próprio nome indica, o Windows 1.0 foi a primeira versão do sistema operacional, que, na verdade, nem podia ser considerado um sistema operacional, e sim uma interface gráfica que rodava MS-DOS. 

A interface era bem mais simples e com poucos recursos, se comparado com as versões atuais, mas bastante relevante para a época em que foi lançada, trazendo ferramentas como o gerenciador de arquivos, o aplicativo de desenhos Paint, a calculadora, um editor de texto chamado Write e até mesmo um jogo chamado Reversi e uma das mais importantes e inovadoras para a época, a multitarefa, que permitiu a exibição de diferentes aplicativos na tela ao mesmo tempo.

Windows 2.0

Windows 2.0

A segunda versão da interface, que ainda não era um sistema operacional completo, trouxe melhorias na estabilidade do sistema e mudanças e mais opções na multitarefa, como a possibilidade de minimizar e maximizar as janelas.

O Windows 2.0 foi lançado dois anos após a primeira versão, em 1987, e adicionou diversos atalhos do teclado ao sistema, facilitando a navegação e a execução de diferentes tarefas ao mesmo tempo. 

Windows 3.0

Windows 3.0

Foi nessa versão da interface que o Windows cresceu exponencialmente, ganhando popularidade e fazendo sucesso, tanto entre os usuários quanto entre os especialistas e críticos do mercado da informática.

Lançado em 1990, o sistema introduziu ferramentas importantes e que continuam sendo implantadas e atualizadas nos Windows até hoje, como o Gerenciador de Programas, o File Explorer e o icônico jogo Paciência.

Foi nele também que o visual padrão do Windows foi introduzido, com um design de janelas e de alguns aplicativos que se popularizou e continuou sendo usado em algumas das versões posteriores do sistema.

Ele também teve uma versão alternativa, lançada 2 anos depois, em 1992, com algumas mudanças e atualizações, como a adição de fontes e ferramentas de navegação aprimoradas.

Windows 95

Windows 95

Com o ganho de popularidade da versão anterior, a Microsoft reformulou o Windows e iniciou a transformação do sistema operacional que conhecemos hoje nesta versão, o Windows 95, que foi nomeado em homenagem ao ano de seu lançamento, 1995. 

Acompanhado de uma campanha de marketing bem estruturada e bastante cara, com a participação de atores de peso como Jennifer Aniston e Matthew Perry, do seriado Friends, essa versão do Windows consolidou o sistema e trouxe diversas ferramentas inovadoras para a computação residencial.

Nessa versão, ferramentas características do sistema operacional surgiram, como o Menu Iniciar e a Barra de Tarefas, além de um suporte à reprodução de conteúdo multimídia mais eficiente e competente, graças ao DirectX, programa de interfaces voltado para lidar com gráficos e sons.

Windows 98

Windows 98

Com o foco na integração do sistema operacional com a internet, o Windows 98 continuou a tradição de ser nomeado em homenagem ao seu ano de lançamento, 1998, e trouxe diversas ferramentas de conectividade.

Uma delas foi o Internet Explorer, famoso navegador de internet que se manteve no sistema até recentemente. Widgets e papéis de parede atualizados automaticamente com informações vindas da web também foram introduzidos no Windows 98.

Windows XP

Windows XP

Se libertando inteiramente da dependência do MS-DOS, o Windows XP foi lançado em 2001 e foi a primeira versão do sistema operacional lançado no século XXI e teve sua interface baseada no Windows NT, versão do sistema operacional criado para empresas.

Além de uma maior estabilidade e desempenho, essa versão do sistema trouxe uma reformulação visual, com mais cores e ícones e fontes mais atrativas. Novas funcionalidades e suporte a novas tecnologias também foram adicionadas, assim como uma troca rápida entre usuários, dispensando a necessidade de vários dispositivos para uma família, por exemplo.

O sistema operacional também trouxe novos recursos de segurança, como a Central de Segurança, que facilitava a visualização, monitoramento e modificação de ferramentas como o firewall e o antivírus.

Windows Vista

Windows Vista

Uma versão controversa e odiada por muitos usuários do sistema operacional, o Windows Vista foi lançado em 2007, mas teve seu desenvolvimento iniciado muitos anos antes, passando por diversas modificações ao longo dos anos antes de seu lançamento oficial.

Apesar de oferecer maior segurança, com a adição de diversos recursos como o Windows Defender e outras ferramentas de proteção e controle de dados, e uma aparência mais elegante com as bordas de janelas transparentes, o sistema era consideravelmente mais pesado e exigia máquinas mais potentes, fazendo com que muitos usuários experienciassem travamentos frequentes e lentidão no sistema.

Avalie este post

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.