Compra da Bethesda da Microsoft aprovada pela Comissão Europeia

A Comissão Europeia aprovou a compra da Bethesda pela Microsoft, trazendo o negócio um passo mais perto de ser oficial. A comissão aprovou a fusão sem condições, eliminando o último obstáculo que a Microsoft precisava superar para fazer a compra de US $ 7,5 bilhões.

A decisão foi semelhante a outras compras da Microsoft (incluindo o GitHub, mais recentemente), com a comissão de concorrência concluindo que a fusão “não levanta sérias dúvidas quanto à sua compatibilidade com o mercado comum”. Assim que a compra for finalizada, a contagem de estúdios internos da Microsoft aumentará para 23, com estúdios como Arkane Studios (Prey, Deathloop), iD Software (Doom), MachineGames (Wolfenstein), Bethesda Game Studios (The Elder Scrolls V: Skyrim ), Tango Gameworks (Ghostwire: Tokyo) e mais se juntando ao grupo.

Como parte do novo acordo, os futuros jogos da Bethesda serão lançados no Xbox Game Pass sem custo extra no mesmo dia em que forem lançados em outro lugar. Não está claro se a Microsoft irá fazer futuros jogos Bethesda puramente para Xbox e títulos de PC, embora esteja honrando o acordo entre Bethesda e Sony para tornar Deathloop um PlayStation cronometrado exclusivo. Uma nova subsidiária chamada Vault também foi criada para lidar com as propriedades da Bethesda no futuro.

Há rumores de que a Microsoft realizará um evento no final deste mês, onde poderia potencialmente detalhar alguns dos planos que tem para futuros títulos da Bethesda. A questão em torno da exclusividade tem sido um tema quente desde que a fusão foi anunciada em setembro do ano passado e pode ser significativa para o futuro de projetos como Starfield, The Elder Scrolls VI e muito mais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *