Hyrule Warriors: Age of Calamity Review Roundup

Hyrule Warriors: Age of Calamity Review Roundup

19 de November, 2020 0 By António César de Andrade



Hyrule Warriors: Age of Calamity é lançado para Switch em 20 de novembro como o último grande exclusivo do Switch para 2020, e com o embargo da revisão, muitos críticos estão pesando sobre o jogo. As críticas ao novo jogo têm sido bastante positivas, embora nem todos tenham sido efusivos sobre o último título Zelda.

Age of Calamity é agora um jogo tradicional de Zelda – é a segunda parcela da franquia Hyrule Warriors, um jogo de musou onde os jogadores enfrentam enormes hordas de inimigos ao mesmo tempo. Pense em Dynasty Warriors, mas com inimigos Zelda em vez de outras pessoas.

Este jogo também está diretamente relacionado ao jogo de lançamento de Switch The Legend of Zelda: Breath of the Wild – é uma prequela, mostrando os eventos que levaram à situação em que Link se encontra no início do jogo.

A versão Switch do primeiro jogo, Hyrule Warriors: Definitive Edition, ganhou 8/10 do Cibersistemas em 2018. Outro jogo estilo musou da Nintendo, Fire Emblem Warriors, lançado em 2017.

  • Jogos: Hyrule Warriors: Age of Calamity
  • Plataformas: Nintendo Switch
  • Desenvolvedor: Koei Tecmo, Omega Force
  • Liberação Encontro: 20 de novembro
  • Preço: $ 60 / £ 50 / $ 80 AUD

Abaixo está uma seleção de análises de Hyrule Warriors: Age of Calamity de toda a Internet, incluindo a própria Cibersistemas. Para saber mais, visite o site irmão do Cibersistemas, Metacritic.

Cibersistemas – 6/10

“É estranho pensar em uma história bagunçada que me deixa tão morno em um jogo Zelda, mesmo que seja um spin-off. Mas pagar sua premissa é o fardo de uma prequela de The Legend of Zelda: Breath of the Wild . A principal razão de eu mergulhar em Age of Calamity é porque amo seu mundo e a história que tenta se lembrar. Portanto, para um jogo, recauchutá-los e proclamar ter algo novo a dizer quando os momentos mais marcantes de sua inspiração vêm do que ele deixa não dito é uma grande pergunta. Mas meu problema com Age of Calamity não é que ele falhe em cumprir essa responsabilidade. É que ele nem tenta. ” – Suriel Vazquez [Full Review]

Eurogamer – Recomendado

“Age of Calamity finalmente me faz lembrar da cena no final da versão de Takeshi Kitano de Zatoichi, outra versão fresca de um clássico amado, onde todo o elenco – vivo ou morto – se reúne para um grande número musical no mesmo conjunto antigo. Só que desta vez são as estrelas de Breath of the Wild se reunindo para um bom e velho musou de joelhos no que é um brawler obsceno e frequentemente brilhante. De todos os muitos derivados de musou, Age of Calamity pode muito bem definir afirmam ser o melhor até agora. ” – Martin Robinson [Full Review]

IGN – 9/10

“Hyrule Warriors: Age of Calamity oferece uma viagem bem-vinda de volta a um mundo em que fiz centenas de horas. Sua lista de personagens extremamente variada, mecânica de combate sólida, progressão divertida e adaptação inteligente da visão de Hyrule de Breath of the Wild é uma alegria para jogar e descobrir. Embora existam algumas oportunidades de caracterização perdidas, Age of Calamity ainda é uma explosão do início ao fim. ” – Cam Shea [Full Review]

VG247 – 4/5

“The Legend of Zelda: Breath of the Wild não é apenas uma das melhores entradas desta série histórica – é também um dos melhores jogos de todos os tempos. Para este fim, a missão de viver de acordo com a sua inspiração talvez seja impossível para Age of Calamity. No entanto, é bem-sucedido no que se propõe a fazer – fornecer uma nova aventura divertida, interessante e excitante que os fãs desse jogo certamente irão adorar. ” – Alex Donaldson [Full Review]

Game Informer – 7,5 / 10

“Hyrule Warriors: Age of Calamity se parece muito com Breath of the Wild, mas carece dos elementos de exploração e solução de quebra-cabeças que definem a linha principal da série Legend of Zelda. Age of Calamity pode não se parecer com um jogo Zelda tradicional, mas não é um tempo ruim. A ação é repetitiva, mas também relaxada e confortável. Ela mostra o seu amor pela franquia clássica da Nintendo e fiquei feliz com a desculpa para voltar a esta versão de Hyrule. Ainda sinto que estou perseguindo Breath of the Wild está alto, e Age of Calamity é um pequeno consolo. ” – Ben Reeves [Full Review]

VGC – 3/5

“Esta é uma ode divertida a Breath of the Wild que irá preencher confortavelmente a lacuna enquanto esperamos por uma sequência adequada. Mas supera enquanto tem um desempenho inferior e isso é uma coisa complicada de julgar. Faz você querer sacar sua ocarina e jogar a Canção do Tempo, teletransportando-se para um ponto onde há um Switch atualizado capaz de fazer justiça ao jogo. Há grandeza aqui, apenas fora de alcance. ” – Matthew Castle [Full Review]

Tocando agora: Hyrule Warriors: Age Of Calamity Video Review

Cibersistemas pode receber uma comissão de ofertas de varejo.

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]