MLW traz a rival WWE para o ringue legal por alegações antitruste

A Major League Wrestling entrou com uma ação antitruste contra a World Wrestling Entertainment, explicando em um comunicado que está acusando seu rival de supostas “tentativas contínuas de minar a concorrência e monopolizar o mercado de wrestling profissional, interferindo nos contratos e perspectivas de negócios da MLW”.

O processo, que foi aberto em 12 de janeiro na Califórnia, também acusa o CEO da WWE, Vince McMahon, de intimidar a Vice TV, que tem um acordo de programação com a MLW, de exibir seu conteúdo de arquivo. A MLW diz que as ações da WWE resultaram em “perdas substanciais”.

“A WWE vem privando injustamente seus concorrentes de oportunidades críticas há anos, mas sua conduta mais recente foi ainda mais inconcebível”, disse o CEO da MLW, Court Bauer, em um comunicado. “Acho que falamos pelo resto do mundo do wrestling profissional quando dizemos que esse comportamento anticompetitivo tem que parar.”

De acordo com o comunicado, um executivo não identificado da Vice TV caracterizou a conduta da WWE como ilegal e constituindo uma violação antitruste. A declaração também acusa a WWE de pressionar terceiros para quebrar acordos e possíveis relacionamentos com a MLW.

Em resposta ao processo, o Bleacher Report ouviu de um porta-voz não identificado da WWE que disse: “A WWE acredita que essas alegações não têm mérito e pretende se defender vigorosamente contra elas”.

Em outras notícias da WWE, a empresa recentemente se separou de vários membros da lista e da equipe do NXT.

Crédito da imagem: Getty Images/Michael N. Todaro/Stringer

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *