O criador da Yakuza, Toshihiro Nagoshi, supostamente está deixando a Sega para a NetEase

O criador da série Yakuza e Judgment, Toshihiro Nagoshi, pode em breve sair da Sega, já que um novo relatório da Bloomberg afirma que o desenvolvedor está em “negociações finais” para se juntar à gigantesca empresa de jogos chinesa NetEase.

O relatório acrescentou que embora Nagoshi “não tenha assinado um contrato final e suas funções ainda não tenham sido finalizadas”, espera-se que ele crie uma nova equipe dentro da NetEase que terá a tarefa de criar jogos. Se o negócio der certo, esta seria outra grande aquisição para a NetEase e sua rival local, a Tencent, já que as duas empresas têm feito uma farra de gastos recentemente para pegar talentos do Japão.

Em execução: A História da Yakuza

O mandato de Nagoshi na Sega foi longo, pois ele ingressou na empresa em 1989 e participou de vários jogos, como F-Zero GX e Daytona. A série Yakuza, que atualmente inclui várias sequências e spin-offs, tornou Nagoshi – e o estúdio Ryu Ga Gotoku que ele dirige – um nome familiar em todo o mundo.

Em abril, Nagoshi deixou seu cargo de diretor de criação da Sega, mas permaneceu na empresa como diretor de criação.

A última grande entrada de Yakuza foi Like A Dragon do ano passado, que levou a série em uma direção inspirada no RPG Dragon Quest, enquanto este ano verá o lançamento de Lost Judgment, uma sequência do jogo Judgment de 2019. Quanto ao personagem mais icônico de Yakuza, Kiryu Kazama, ele fará uma aparição em outro jogo criado por Nagoshi, Super Monkey Ball: Banana Mania.

Cibersistemas pode receber uma comissão de ofertas de varejo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *