WarioWare Get It Together transforma o ato de depilar os

Para onde WarioWare poderia ir atrás de Gold? O jogo 3DS 2018 atuou como uma espécie de grande culminação para a série, combinando os melhores microjogos de seus muitos episódios com um punhado de novos desafios e uma infinidade de extras. Em vez de recapitular o mesmo terreno, o próximo episódio da série Switch, WarioWare: Get It Together, apresenta algumas reviravoltas interessantes na fórmula clássica, tornando-a mais uma experiência de festa.

Recentemente, tivemos a chance de ver mais de WarioWare: Get It Together por meio de um evento de visualização virtual. Como entradas anteriores, o título é composto por mais de 200 microjogos – desafios pequenos que são lançados em você em uma sucessão rápida. Esses jogos variam de bobos a completamente bizarros. Em um momento, você estará sacudindo maçãs de uma árvore; no próximo, você arrancará pelos das axilas de um deus grego. Esse humor excêntrico se tornou uma das marcas da série e, mesmo em nossa breve prévia, fica claro que está em exibição total em Get It Together. Mas embora os microjogos sejam todos clássicos de WarioWare, eles oferecem uma experiência diferente aqui, graças ao novo foco em jogar como os personagens-título.

Ao contrário dos jogos anteriores, você controla Wario e companhia diretamente durante os microjogos, usando suas habilidades para limpar o objetivo. Cada personagem tem um estilo de jogo único; Ashley, a bruxa, por exemplo, pode voar em sua vassoura e conjurar feitiços de sua varinha, enquanto Mona lança um bumerangue que você guia pela tela usando o manche. Você seleciona três personagens no início de uma rodada, com o jogo alternando aleatoriamente entre eles conforme você limpa os microjogos. Isso adiciona uma nova dinâmica aos jogos, pois o desafio dependerá de qual personagem você está controlando no momento. Ashley pode fazer um trabalho rápido com o microjogo de macieira mencionado anteriormente, disparando feitiços diretamente nas maçãs, por exemplo, enquanto alguém como o 9-Volt – que só pode patinar no chão e girar o ioiô verticalmente – precisará sacudir os galhos da árvore por baixo para desalojar os frutos.

O modo multijogador adiciona mais uma ruga. Embora as entradas anteriores da série tenham apresentado alguns jogos e atividades multijogador, Get It Together coloca uma ênfase muito maior neles. Quase todo microjogo aqui suporta múltiplos jogadores localmente, e parece um motim. Embora a capacidade de jogar com outra pessoa deva teoricamente tornar os microjogos mais fáceis de limpar, isso parece longe de ser o caso na prática. Vocês inadvertidamente ficarão no caminho um do outro enquanto tentam limpar os microjogos, transformando tarefas já frenéticas em puro caos.

Além dos microjogos do modo de história, Get It Together apresenta um modo de festa chamado Variety Pack, que possui um punhado de minijogos cooperativos e competitivos de estilo mais tradicional para vários jogadores no mesmo sistema. Um dos jogos que a Nintendo destacou, Daily Grind, funciona como um sidecroller. Aqui, você deve percorrer os estágios a caminho do escritório, fechando contratos e derrotando colegas de trabalho. Para complicar ainda mais esse objetivo, os layouts dos estágios tornam-se progressivamente mais desafiadores conforme você avança e apresentam power-ups que o transformam em outros personagens, sacudindo as coisas constantemente.

Outro jogo do Variety Pack, Puck ‘er Up, é uma competição no estilo de air hockey. O objetivo aqui é bater o disco no gol. O jogador que conseguir pontuar poderá então jogar um microjogo, com uma estrela como recompensa se conseguir eliminá-la com sucesso. O outro jogador, entretanto, tem chance de interferir, seja balançando a tela ou tentando obscurecer a visão com uma folha. Se a pessoa que joga o microjogo falhar, a estrela será concedida ao outro jogador. É uma maneira inteligente de transformar os microjogos em um confronto direto e parece um dos destaques do pacote.

Ademais, Get It Together apresenta um punhado de outros modos, incluindo um chamado Wario Cup. Embora não tenhamos testemunhado isso durante nossa sessão de visualização, aprendemos alguns detalhes. A Nintendo o descreveu como um “desafio rotativo semanal online”, no qual você tentará acertar um objetivo específico. Embora você possa usar qualquer personagem, quanto mais inadequados eles forem para aquele objetivo, melhor será sua pontuação se você conseguir eliminá-lo. Wario Cup também possui um modo de classificação que permite fazer upload de sua pontuação e ver como ela se compara a jogadores de todo o mundo. Isso, no entanto, requer uma assinatura Nintendo Switch Online.

WarioWare: Get It Together será lançado para Nintendo Switch em 10 de setembro. O jogo é vendido por $ 50 USD e está disponível para pré-encomenda agora na eShop e em vários revendedores. A Nintendo também lançou uma demonstração gratuita do WarioWare no eShop que permite que você experimente um punhado de microjogos, bem como vários personagens jogáveis.