8530bb963184ee66f5d94642cb3ca9382a5bbebb

Recentemente, a Apple lançou dois novos iPads, incluindo o iPad básico (10ª geração) e o M2 iPad Pro. Dos dois iPads, o M2 iPad Pro está fazendo mais manchetes, pois vem com o mesmo chipset que o MacBook Air e o MacBook Pro de 13 polegadas, tornando-o o iPad mais poderoso da linha. Embora o tablet atualmente venha com o iPadOS 16.1, um informante afirmou que a Apple está trabalhando em uma versão especial do macOS para o M2 iPad Pro.

A versão da Apple do macOS para M2 iPad Pro pode ser chamada de macOS 14

O conhecido informante Majin Bu sugere que a Apple pode estar trabalhando em uma versão menor do macOS para o iPad Pro M2. O macOS para iPad tem o codinome ‘Mendocino’ e pode ser lançado como macOS 14 no próximo ano. O macOS 14 inclui uma interface do usuário do macOS cerca de 25% maior, destinada exclusivamente a telas sensíveis ao toque. Como nenhum dos modelos de MacBook atualmente suporta uma tela sensível ao toque, faz sentido que a empresa possa estar fazendo isso para seu iPad mais poderoso.

Bu também explica que a chegada do macOS 14 explicará o lançamento do DaVinci Resolve para M2 e a patente de uma futura versão do iPadOS que vazou este ano. Mas por que a Apple precisa lançar uma nova interface de usuário para o iPad M2? O informante explica que isso pode ser uma jogada de marketing para o mais recente M2 iPad Pro, aumentando as vendas do modelo, que de outra forma poderia ser muito impopular entre os clientes.

Apple está testando o macOS em alguns iPads

Embora a ideia do macOS no iPad esteja circulando na Internet há algum tempo, nada de bom saiu disso. Conforme relatos, a Apple ainda tem o macOS instalado em alguns iPads para testes internos, mas o processo não está acelerando. Além disso, a nova interface de usuário sobre a qual Majin Bu fala não se parece com um macOS completo, mas simplesmente uma revisão visual do iPadOS. Portanto, os leitores devem levar essas informações com uma pitada de sal.

Para mais notícias de tecnologia, revisão de produtosrecursos e atualizações de tecnologia científica, continue lendo Digit.in.



Com informações de Digit Magazine.