Sony revela como o controlador DualSense do PS5 funciona com Ratchet & Clank, Returnal, Scarlet Nexus e muito mais

Um dos elementos mais emocionantes e inovadores do PlayStation 5 é o controlador DualSense, que possui feedback tátil que permite todo tipo de possibilidades. Após o anúncio de duas novas cores de controlador PS5 DualSense, a Sony anunciou agora como o controlador DualSense será usado para fornecer experiências únicas em uma série de jogos futuros, incluindo Ratchet & Clank: Rift Apart, Subnautica: Below Zero, GhostWire: Tokyo, A vida é estranha: True Colors e Scarlet Nexus.

Começando com Rift Apart, pegar flechas depois de derrotar um inimigo irá desencadear um “pequeno impulso” que você sentirá em suas mãos, acentuado por um “som de controle sutil”, disse a Sony em um blog. O jogo também oferece uma sensação única no controle, dependendo da arma que você está usando. Além disso, tocar em superfícies diferentes produzirá um feedback tátil exclusivo com o controlador.

Tocando agora: Ratchet & Clank: Rift Apart – The Final Preview

Em Subnautica: Below Zero (que será lançado em 14 de maio), o controlador visa ajudá-lo a se sentir mais “conectado” às ferramentas do jogo. “Você vai sentir como se estivesse realmente ligando o interruptor da lanterna, ou sentir a bobina do cabo em seu PrawnSuit quando ele é lançado de seu braço de luta. A sensação de perfuração conforme você perfura os recursos com seu braço de perfuração também contribui para o imersão “, disse o desenvolvedor em um post no blog do PlayStation.

O jogo também usa a faixa RGB no controlador DualSense para pulsar mais rápido quando você se aproxima de um objetivo de recurso. “Conduzir tanto a vibração direcional quanto o pulso RGB são os dados reais que a ferramenta do jogo está recebendo em tempo real, então é sempre dinâmico e preciso para o que o jogador está vendo e sentindo enquanto joga”, disse o estúdio.

Em GhostWire: Tokyo, o feedback tátil inclui “vozes de outro mundo” que saem dos alto-falantes embutidos do controlador. E quando em combate, os gatilhos adaptáveis ​​terão sua própria sensação distinta com base na arma que você está usando.

“Mesmo com os olhos fechados, você pode dizer a diferença entre empunhar rajadas de vento rápidas e precisas; o jato destrutivo da água; e a devastação crua do fogo. Tentar exorcismos arriscados de perto é ainda mais intenso, pois os gatilhos ajudam a simular o ato de puxar o núcleo de um inimigo espectral com suas próprias mãos “, disse o estúdio.

Além disso, o feedback do controlador se tornará “mais forte” à medida que você aumenta o nível de suas capacidades no jogo. Isso cria uma “sensação perceptível de progresso real de que não podemos esperar que os jogadores do GhostWire experimentem”, de acordo com o desenvolvedor.

Para Life is Strange: True Colors, você pode ativar os poderes do personagem principal Alex com o gatilho esquerdo. O gatilho ficará mais difícil de puxar conforme Alex se torna mais poderoso. O objetivo é demonstrar que Alex está perdendo o controle do “sentido sobrenatural volátil” que ela possui.

No Scarlet Nexus da Bandai Namco, o controlador DualSense usa feedback tátil e controladores adaptáveis ​​para aumentar a sensação de imersão para usar as habilidades psicocinéticas do jogo.

“Quando você levanta e joga objetos, você sente o fluxo do poder do herói, não importa se é da esquerda para a direita ou da frente para trás. Quando o objeto se move da esquerda para a direita na tela, a sensação é alcançada por ter o motor esquerdo vibra e depois passa para o motor direito “, disse o estúdio.

Explicando os recursos do gatilho, a Sony disse: “Além disso, os gatilhos adaptáveis ​​fornecem aos jogadores uma experiência de jogo mais realista. Assim como você sente o peso e a resistência ao pegar objetos na vida real, você se sentirá como se estivesse levantando um objeto com sua própria força. “

Para Mobile Suit Gundam Battle Operation 2, o controlador DualSense reproduz a sensação de cada arma de uma maneira única. O controlador também fornecerá feedback tátil quando você atingir um alvo.

“Ao usar L2 ou R2 para o ataque, os pilotos notarão uma resistência para simular o puxão de um gatilho real. Por exemplo, com a bazuca, a resistência fará com que o gatilho prenda na posição de entrada pouco antes de a bala ser disparada, e quando você continua a puxar o gatilho, a bala dispara e libera a tensão “, disse o desenvolvedor. “Também criamos um estrondo mais forte no momento da descarga e uma trilha mais longa (o estrondo vai durar mais) para recriar a descarga de uma bala de calibre maior.”

Em Kena: Bridge of Spirits, os gatilhos adaptativos do controlador DualSense são usados ​​para fazer você sentir a dificuldade de puxar o arco do personagem. E, finalmente, o uso de Returnal do controlador DualSense pulsa sutilmente quando está chovendo. Esses pulsos são “sintetizados proceduralmente em tempo de execução”, disse o estúdio, o que significa que podem ser alterados na hora, dependendo do que está acontecendo no jogo. “O resultado final dessa abordagem é que, junto com o visual e o áudio, as sensações táteis produzidas pelo controlador DualSense dão ao seu cérebro subconsciente mais uma indicação de que ele realmente está no mundo de Atropos, parado na chuva”, disse o estúdio. .

Certifique-se de verificar o post completo do Blog do PlayStation, que contém exemplos de vídeo da nova funcionalidade DualSense, para saber mais sobre como cada jogo usa o controlador DualSense.

E para mais informações, consulte o guia de pré-encomenda da Cibersistemas para os novos controladores DualSense PS5 Cosmic Red e Midnight Black.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *