Venom: Let There Be Carnage Rated PG-13, Just Like the First One

Venom: Let There Be Carnage coloca seu personagem principal contra um assassino em série sem remorsos, mas muito dessa violência pode estar fora das telas, já que o filme está recebendo a mesma classificação PG-13 de seu antecessor, a Sony anunciou (via IGN).

O site de classificações de filmes da MPA lista as razões de cada filme, e para Venom: Let There Be Carnage, podemos esperar “sequências intensas de violência e ação, alguma linguagem forte, material perturbador e referências sugestivas.” O primeiro filme de Venom, que arrecadou US $ 853 milhões na bilheteria mundial, também foi classificado como PG-13. Lá, era para “sequências intensas de violência e ação sci-fi e para a linguagem.”

A sequência é estrelada por Tom Hardy como o repórter Eddie Brock que, após o primeiro filme, agora vive ao lado do simbionte Venom, e apresenta Woody Harrelson como o serial killer Cletus Kasady, que apareceu brevemente em um ferrão pós-crédito para o primeiro filme. Kasady é infectado com um pedaço do simbionte Venom, que se alimenta das intenções do assassino e se torna seu próprio organismo conhecido como Carnificina. A história provavelmente está adaptando peças do enredo Máximo Carnificina dos quadrinhos da Marvel, embora sem a adição do Homem-Aranha na mistura.

Venom: Let There Be Carnage foi adiado algumas vezes devido à pandemia de COVID-19, mas deve ser lançado no próximo mês. Antes disso, confira o último trailer do filme e o novo pôster grotesco. Venom: Let There Be Carnage chega aos cinemas em 15 de outubro de 2021.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *